22 de Junho, 2024

MÚSICA – Manuel Alegre e Manuel Freire

PEDRO SOLDADO

Em 1961, embarcaram 33 mil homens, os primeiros dos 800 mil enviados para os palcos da Guerra Colonial em Angola, Guiné e Moçambique. Até à Revolução de 1974, mais de 90 por cento da carga e de 80 por cento do pessoal metropolitano empenhado na guerra foram transportados para as ex-colónias por via marítima,

Youtube

  • Já lá vai Pedro Soldado
  • Num barco da nossa armada
  • E leva um nome bordado
  • Num saco cheio de nada
  • Triste vai Pedro Soldado
  • Branda rola não faz ninho
  • Nas agulhas do pinheiro
  • Não é Pedro Marinheiro
  • Nem no mar é seu caminho
  • Nem anda a branca gaivota
  • Pescando peixes em terra
  • Nem é de Pedro essa rota
  • Dos barcos que vão à guerra
  • Onde não anda ceifando
  • Já o campo se faz verde
  • E em cada hora se perde
  • Cada hora que demora
  • Pedro no mar navegando
  • Não é Pedro pescador
  • Nem no mar vindimador
  • Nem soldado vindimando
  • Verde vinha vindimada
  • Triste vai Pedro Soldado
  • Já lá vai Pedro Soldado
  • Num barco da nossa armada
  • Deixa um nome bordado
  • E era Pedro Soldado
  • Branda rola não faz ninho
  • Nas agulhas do pinheiro
  • Não é Pedro Marinheiro
  • Nem no mar é seu caminho
  • Deixa um nome bordado
  • E era Pedro Soldado
  • E era Pedro Soldado

Editor

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.