19 de Julho, 2024

Quem são os Palhaços Sem Fronteiras em Portugal?

Organização internacional acolheu os Palhaços na Orla [PT] como membro

“Fazer chegar assistência ao trauma, através da arte, a pessoas, nomeadamente crianças, em situação de grande vulnerabilidade social”.

Portugal faz agora parte da rede internacional Palhaços Sem Fronteiras Internacional.

Palhaços Nos Bairros | Palhaços na Orla 2023 | Foto Amélia Monteiro

A 27 de Maio de 2024 a comissão Palhaços Sem Fronteiras Internacional votou de forma positiva para a entrada do núcleo português nesta grande organização mundial que atua através da arte em contextos humanitários.

O projeto Palhaços Sem Fronteiras Portugal foi iniciado em 2022 por Catarina Mota, Eva Ribeiro, Nádia Zambujo e Sara Sofia Araújo com o objetivo de fazer chegar assistência ao trauma, através da arte, a pessoas, nomeadamente crianças, em situação de grande vulnerabilidade social. Nesse mesmo ano, fundaram o projeto Palhaç@s na Orla no sentido de apresentar a sua candidatura à organização internacional dos Palhaços Sem Fronteiras.

Atualmente o seu núcleo reúne profissionais das áreas da cultura, da educação e da intervenção social que trabalham de forma voluntária. O projeto pretende ter impacto em contextos de assistência humanitária e zonas de risco, focando a sua ação em problemas como o movimento forçado de pessoas, conflitos bélicos, habitação, entre outros. Almejando intervir a nível local, nos vários distritos em Portugal e também a nível internacional, os

Palhaços na Orla realizaram já expedições nas zonas fronteiriças da Ucrânia e Bielorrússia, Moçambique e, também, no Senegal,

contando com o apoio e parceria de entidades como os Palhaços Sem Fronteiras Espanha, Palhaços Sem Fronteiras Brasil, Palhaços Sem Fronteiras Inglaterra, Nuvem Voadora, Largo Residências e Casa do Coreto em Carnide. Nos bairros sociais em Lisboa está também a ser desenvolvido o projeto Palhaç@s nos Bairros no sentido de intervir junto de comunidades locais nas periferias da capital. O projeto visa igualmente disseminar práticas de intervenção educativa e artística que transformem contextos de trauma, junto de agentes multiplicadores tais como professores, educadores, psicólogos, artistas, entre outros, através de ferramentas criativas, do jogo e do riso.

Desejando contribuir para as estratégias mundiais para a paz entre os povos, o projeto deseja fomentar boas práticas que promovam a inclusão e a solidariedade e diminuam a exclusão social, a violência e discriminação entre seres-humanos.

SOBRE A CWB International

Tudo começou no campo de refugiados de Veli Joze na Croácia

Palhaços Sem Fronteiras Internacional (CWBI) têm início em 1993, quando o artista catalão Tortell Poltrona foi convidado a realizar uma expedição no campo de refugiados de Veli Joze (Savudrija) na Croácia por um coletivo de educadores que desenvolviam um programa pela paz nas escolas da Catalunha e que estavam em contato com escolas da antiga Jugoslávia, que naquele momento, encontrava-se em situação de guerra. Esta experiência fundamentou as bases para a constituição da entidade, pois demonstrou a necessidade e a importância da realização de atividades artísticas e socioeducativas que tenham

o intuito de melhorar a situação psicológica e emocional das populações durante e pós-conflito;

Palhaços Sem Fronteiras Internacional – Clowns Without Borders International (CWBI). CWBI está sediado em Espanha e composto atualmente por 14 países: Austrália, Bélgica, Canadá, Finlândia, França, Alemanha, Irlanda, Espanha, África do Sul, Suécia, Reino Unido, Estados Unidos da América, Suíça e Brasil, o primeiro país da América Latina a fazer parte da entidade internacional, desde maio de 2016. Todas as seções da CWBI são não-governamentais, independentes e sem fins lucrativos, sem filiação religiosa ou político-partidária.

Expedição a Marrocos, entre 12 e 22 de Junho, em parceria com os Palhaços Sem Fronteiras Espanha


Agora membro da CWBI, a associação Palhaços Sem Fronteiras Portugal irá promover nos próximos meses várias iniciativas a nível nacional e também a nível internacional, tal como, uma expedição a Marrocos, entre 12 e 22 de Junho, em parceria com os Palhaços Sem Fronteiras Espanha, onde serão realizados espetáculos e oficinas gratuitas para as comunidades afetadas pelo grande sismo que afetou o país em 2023, deixando grande parte da população dessas regiões sem casa e a viver em condições mínimas de sobrevivência.

A associação irá focar-se agora também na angariação de patrocinadores e mecenas que possam querer apoiar o projeto e garantir o desenvolvimento de futuras atividades. Contactos 00351926899394

Fonte Palhaços na Orla

Editor

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.