15 de Junho, 2024

A bomba atómica do projeto PEGASUS

FLASH SF | Liberdades e democracia

A Amnesty International e a Forbidden Stories acabam de revelar um escândalo de espionagem mundial, reunindo 17 equipas editoriais, incluindo Le Monde, The New York Times e The Guardian. Numa investigação publicada no dia 18 de julho, o consórcio explica que o spyware do NSO Group, Pegasus, tornou possível espionar ativistas de direitos humanos, jornalistas e opositores políticos recuperando as suas mensagens, fotos, contactos e conversas nos seus smartphones. Este software israelita, oficialmente criado para ajudar Serviços Secretos na luta contra o crime, foi desviado por vários estados, como Hungria, Marrocos e Índia.

Editor

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.